Or\ de Belo Horizonte, 20 de junho de 2.005 da E\ V\


Aos
Veneráveis IIr\ Deputados da PAEL-GOEMG-GOB:



No próximo sábado (25 / 06 / 2.005) a Poderosa Assembléia Estadual Legislativa do Grande Oriente do Estado de Minas Gerais se reunirá para eleger sua mesa diretora para o Biênio 2.005-2.007.

É muito importante a participação de todos os irmãos no sentido de avaliar e discutir as propostas de trabalho dos concorrentes á mesa diretora. Nesta hora, independentemente da honorabilidade dos participantes e do carinho que temos por eles devemos pautar nossa escolha para aqueles que oferecem boas propostas, bons projetos e sobre tudo que demonstrem de maneira inequívoca a capacidade de implantar e gerir os projetos apresentados.

Neste sentido cumpre salientar que o Estimado irmão Márcio Corrêa Fernandes, apresentou uma chapa composta por irmãos dispostos a executar uma plataforma de trabalho voltada para dar continuidade a projeção da PAEL-MG, no cenário maçônico nacional e internacional.

Pelos serviços prestados á Pael e aos irmãos deputados ou não por mais de vinte anos de maneira amiga, cordial e revestida de grande espírito maçônico podemos afirmar sem reservas que o Irmão Márcio possui conhecimento e capacidade para prestar um relevante serviço a maçonaria mineira. Suas propostas e sua chapa, em sinal de respeito a esta casa, foram apresentadas de forma clara e a mais de sessenta dias aos ilustres deputados para que tivessem tempo de refletir suas propostas, avalia-las e sugerir modificações, críticas e sugestões com o intuito de melhora-las.

É salutar que outras chapas se formem e apresentem outras propostas e programas de trabalho. A PAEL só sai engrandecida com o debate democrático daqueles que lutam pelo seu fortalecimento. Infelizmente não tive oportunidade de conhecer as propostas e anseios de outros grupos interessados em ocupar a mesa diretora desta casa onde, com muito orgulho, trabalhamos desinteressadamente por mais de doze anos para a sua afirmação como um poder independente, justo, responsável e revestido de altos valores maçônicos que fizeram com que a PAEL-MG, se tornasse uma casa respeitada pelos outros poderes de nosso estado, pelas obediências co-irmãs e pela comunidade maçônica de nosso país.

Houve uma grande preocupação em tentar montar uma chapa única com o propósito de se evitar uma divisão ou até ruptura nesta casa tão coesa, amiga e justa. Entendemos que a disputa democrática voltada para valores e princípios defendidos pela maçonaria, com respeito, ética, e elevado espírito maçônico são disputas justas onde ao final não haverão vencidos nem vencedores pois ficará claro que todos estão imbuídos de apresentar o melhor de si em favor da maçonaria que tanto amamos, respeitamos e devotamos nossos melhores propósitos para edifica-la.
Neste importante momento de reafirmação democrática de nossos valores, rogo ao G\A\D\U\ que ilumine todos os candidatos e, em especial, aos estimados irmãos deputados para que façam uma justa escolha.


Fraternalmente,

Ir\ Eduardo Teixeira de Resende
Membro da Loja Obreiros de Caratinga nº 1.832